Quem sou eu

Minha foto
São Caetano do Sul, São Paulo, Brazil
Formado em Biomedicina pela Universidade de Mogi das Cruzes - 1987. Possui Especialização em Acupuntura Chinesa pela Escola Brasileira de Medicina Chinesa (EBRAMEC) - 2010. Qualificado em Acupuntura Dermato Funcional pela EBRAMEC - 2008, Analgesia Local e Sistêmica por Acupuntura pela EBRAMEC - 2010. Reikiano nível III. Atua como ACUPUNTURISTA em Consultório próprio de Acupuntura Sistêmica e Estética na cidade de São Caetano do Sul, SP. Também atua em Análises Clínicas no Laboratório Municipal de Diadema.

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Tratamento da TPM com acupuntura.



Aquele mau humor que acomete algumas mulheres em determinado período do mês: A TPM (Tensão Pré-Menstrual),tem tratamento Ela pode e deve ser tratada. Agora imaginem um tratamento com a eficácia dos medicamentos só que sem os incômodos efeitos colaterais. Isso é possível com a Acupuntura, modalidade da Medicina Tradicional Chinesa que atua por meio de estímulos de pontos de energia (constituídos por aglomeração de terminações nervosas).A técnica tem comprovado sua eficácia para aumentar a diurese e reduzir as oscilações emocionais e a ansiedade. Esse fato por si só, justifica a utilização da Acupuntura para o tratamento sintomático da TPM com ganhos, se comparado ao tratamento medicamentoso, já que não apresenta efeitos colaterais.

E com a possibilidade de atuar comprovadamente sobre as funções neuroendócrinas, com a liberação de neurotransmissores e hormônios responsáveis pelo controle das diversas funções físicas e emocionais, abre um leque maior de sucesso no tratamento, com mais segurança para o paciente. O tratamento requer em torno de 10 a 20 sessões com uma aplicação semanal para as doenças crônicas, com possíveis intervalos entre as séries conforme a resposta terapêutica.

Assim a Acupuntura, associada a uma alimentação saudável e atividade física moderada, pode ter grande eficácia no tratamento da TPM (de 60% a 90%, conforme a população tratada), seja durante o período sintomático, seja fora dele, visando a modificar as condições que predispõem ao aparecimento dos sintomas.

Fonte: naturalvital

Um comentário:

Ministério da Saúde disse...

Olá, blogueiro!
Participe da campanha contra o preconceito!
Você pode divulgar informação com apenas um clique. Para acabar a discriminação contra pessoas que possuem o vírus HIV, basta que você faça parte dessa luta! Divulgue o vídeo: http://migre.me/48REC. Somos iguais!
Para mais informações: comunicacao@saude.gov.br http://www.todoscontraopreconceito.com.br , http://www.aids.gov.br ou http://www.formspring.me/minsaude
Siga-nos no Twitter: http://twitter.com/minsaude
Atenciosamente,
Ministério da Saúde.